Pesquisar
Pesquisar

Seminário celebra e debate os 43 anos da Lei de Anistia nesta quarta (3/8), em Brasília

Com tema “2023 – A Volta da Esperança”, encontro conta com a presença de políticos, anistiados e entidades e discute os retrocessos sofridos pela lei
Guilherme Ribeiro
Diálogos do Sul
Bauru (SP)

Tradução:

Em 2022, a Lei de Anistia Política completa 43 anos. Para celebrar a histórica conquista e debater os retrocessos que atingem o dispositivo promulgado em 28 de agosto de 1979, será realizado, nesta quarta-feira (03), um seminário no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Com início marcado para às 13h50, o encontro tem como tema 2023 – A Volta da Esperança e propõe a reconstrução política e institucional de um Brasil arrasado por anos de bolsonarismo: “O evento reveste-se, assim, de importância ainda maior, como ato de fortalecimento da memória e de resistência”.

Assista na TV Diálogos do Sul

Os organizadores do Seminário dos 43 anos da Lei da Anistia destacam que o atual governo pisoteia os ideais que nortearam a luta pela anistia ampla, geral e irrestrita no país: “sucateada e subvertida em seus objetivos originais, a Comissão passou a atuar como uma espécie de comando de caça aos anistiados e anistiandos”, denunciam.

Serão abordados assuntos como a Justiça de Transição, o negacionismo e o desmonte da Comissão de Anistia e a desarticulação do resgate da história e da memória dos mortos e desaparecidos na ditadura, com a presença de políticos, anistiados, juristas e representantes de entidades associadas à luta da comissão de anistia.

Para o início dos trabalhos, estão ainda agendadas homenagens ao Deputado Arnaldo Faria de Sá (1945-2022) e ao Capitão José Wilson da Silva, o “Tenente Vermelho” (1931-2021).

Abaixo, confira mais informações sobre o Seminário dos 43 anos da Lei da Anistia: 

Guilherme Ribeiro, jornalista e colaborador da equipe da Diálogos do Sul.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul



Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 

Abaixo, confira mais informações sobre o Seminário dos 43 anos da Lei da Anistia: 

Guilherme Ribeiro, jornalista e colaborador da Diálogos do Sul.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul



Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Guilherme Ribeiro Jornalista graduado pela Unesp, estudante de Banco de Dados pela Fatec e colaborador na Revista Diálogos do Sul.

LEIA tAMBÉM

Prancheta 55
Reino Unido decide expulsar mais de 50 mil pessoas solicitantes de asilo para Ruanda
Design sem nome - 1
Mortes, prisões e espionagem: jornalista palestina escancara ‘apartheid’ de Israel
Palestina-jovens
No 76° aniversário da Nakba, juventude internacional se levanta pela Palestina
Nakba
Crônica de uma Nakba anunciada: como Israel força “êxodo massivo” dos palestinos de Gaza