Pesquisar
Pesquisar

Tribunal Anti-imperialista

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

america_latina_anti_imperialistaDepois de dois dias de trabalhos, o Tribunal Anti-imperialista do XVIII Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes ditará sentença hoje sobre os casos tratados das violações do imperialismo em diferentes regiões do mundo.

Segundo declarou a Prensa Latina o presidente da corte juvenil, Beinusz Izmukler, este tribunal, ainda que não tenha força para que se cumpram as sentenças que dita, mas joga um papel importante na conscientização de todos os que participam.

Nesse sentido, o também presidente consultivo da Asociación Americana de Juristas, destacou a celebração dos Festivais Mundiais da Juventude porque permitem que tenha uma troca entre as organizações juvenis democráticas e revolucionárias do mundo.

O festival, o quarto a se realizar na América Latina após dois celebrados em Cuba (1978, 1997) e Venezuela (2005), está dedicado a Hugo Chávez, que faleceu em março desse ano.

Também rende homenagem ao líder da Revolução liberal equatoriana, Eloy Alfaro, e ao independentista ganês Kwane Nhkrumah.


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

protestos-peru
Cleptocracia, ignarocracia, bufocracia: o declínio do substantivo "democracia" no Peru
Bolivia-guerra-hibrida-eua (1)
Guerra híbrida na Bolívia entra em nova fase e EUA querem "mudança de regime" até 2025
Petro-Colombia
Petro reage a ataques de guerrilheiros contrários ao acordo de paz: "Não toleraremos"
Milei
"Barbárie" e "desequilíbrio emocional": Petro e Fernández criticam nova selvageria de Milei