Pesquisar
Pesquisar

União Econômica Euroasiática toma medidas contra crise alimentar mundial, anuncia Putin

Segundo mandatário, UEE é o maior exportador mundial de produtos agrícolas e busca para garantir a sustentabilidade das cadeias de suprimento
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
Moscou

Tradução:

O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que o interesse pelas relações com a União Econômica Euroasiática (UEE) continua crescendo no mundo, apesar dos detratores que tentam obstruir a integração interregional.

Ao participar, na última sexta-feira (27), por videoconferência da reunião do Conselho Supremo Econômico Euroasiático, com sede em Bishkek, a capital quirguiz, o mandatário russo destacou que o interesse de muitos sócios estrangeiros pela UEE é bastante evidente.

EUA controlam guerra do outro lado do oceano enquanto enfraquecem Europa, declara Rússia

Indicou que “é gratificante” que isto aconteça, apesar da complicada situação internacional, o confronto desencadeado pelo Ocidente coletivo, e “daqueles que não gostam de nós e que tentam impor todo tipo de obstáculos a nossa integração”.

Segundo Putin, o bloco euroasiático adotou várias medidas urgentes para minimizar o impacto das sanções estrangeiras, melhorar a sustentabilidade das economias, reforçar a estabilidade macroeconômica e ajudar os empresários e a população.

Explicou que a Comissão Econômica Euroasiática já aprovou mais de 30 medidas anti crise que “sem dúvida, surtem efeito”.

Disse ainda que, no âmbito da regulamentação alfandegária, desde março passado foram aprovados três pacotes de iniciativas para reduzir a zero as taxas sobre mais de 1.600 artigos de importação, o que poderia economizar para os compradores cerca de 800 milhões de dólares nos próximos seis meses.

Segundo mandatário, UEE é o maior exportador mundial de produtos agrícolas e busca para garantir a sustentabilidade das cadeias de suprimento

Sputnick News
Putin: Cresce interesse por relações com a União Econômica Euroasiática

O chefe de Estado russo enfatizou que foram ajustados os requisitos dos regulamentos técnicos da UEE e elevado a mil euros o patamar das importações livres de impostos de bens para uso pessoal, a fim de manter os preços baixos.

Disse ainda que também estão sendo aplicadas medidas para substituir as importações e aprofundar a cooperação industrial entre os membros da União em indústrias estratégicas como a aviação civil e os produtos farmacêuticos; e que se prepara um programa interestatal para a expansão da infraestrutura eletrônica no interior da UEE.

Sanções de Biden à Rússia têm potencial de levar Europa a crise terminal

O presidente russo ressaltou que continuam os trabalhos de digitalização dos corredores logísticos, a introdução de serviços de alta tecnologia para a administração de alfândegas, assim como o desenvolvimento e a melhora do comércio eletrônico no bloco econômico.

Em outra parte de sua intervenção, Putin chamou a atenção para a necessidade de priorizar os temas vinculados à segurança alimentar devido à difícil situação que o mundo atravessa.

“Nossos países estão contribuindo muito seriamente para a solução destes problemas, e a Rússia e todos os demais membros de nossa organização estão se comportando com o maior grau de responsabilidade”, afirmou.

Advertiu que tendo em conta que a UEE é o maior exportador mundial de produtos agrícolas, a organização está tomando todas as medidas possíveis, inclusive as regulamentações alfandegárias, tarifárias e não tarifárias, para garantir a sustentabilidade das cadeias de suprimento.

Os países membros da União Econômica Euroasiática são: Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão, Armênia e Quirguistão, além de Moldávia, Uzbequistão e Cuba, com estatuto de observadores.

Redação Prensa Latina
Tradução de Ana Corbisier


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Europa
Escalada da ultradireita na UE é derrota dos EUA, vitória geopolítica para Putin e alerta ao Brasil
Greg-Casar
Greg Casar: deputado dos EUA quer proteção a indocumentados e fim do imperialismo
4 - Iryna Borovets 2
Vice-chanceler da Ucrânia diz que país deseja paz, mas insiste em adesão à Otan
emmanuel-macron-olaf-scholz (2)
Apoio inconsequente de Macron e Sholz à Ucrânia alimentou extrema-direita na UE