Pesquisar
Pesquisar

Cannabrava | Independência de que?

Uma pátria soberana e independente tem projeto nacional, tem estratégia de desenvolvimento com seus planos setoriais de curto, médio e longo prazo.
Paulo Cannabrava Filho
Diálogos do Sul
São Paulo (SP)

Tradução:

Identidade nacional não é vestir-se de verde-amarelo e torcer para a seleção de futebol. Identidade nacional é ser negro-branco-índio, de quaisquer dos quadrantes do país, e estar inserido na construção da pátria soberana.

Soberania pressupõe independência. Não é independente o país cuja gestão da economia foi aprisionada pelos bancos e financeiras.

Assista na TV Diálogos do Sul

A pátria soberana e independente tem projeto nacional, tem estratégia de desenvolvimento com seus planos setoriais de curto, médio e longo prazo.

Desenvolvimento integrado, planejado, pressupõe estratégia de informação e comunicação, fazer com que toda a população saiba qual o seu lugar na execução da estratégia, cada um, cada cidadão tem sua quota de responsabilidade na construção de um país soberano.

7 de setembro: Independência é celebração de toda sociedade, diz Lula

É preciso tem claro o conceito de soberania. Soberania alimentar, soberania jurídica são alguns dos conceitos básicos. Sem segurança jurídica não há democracia nem desenvolvimento; e tem a população com fome é arremedo de nação.

Soberania é ter o domínio sobre as riquezas naturais. País exportador de matérias primas, produtos primários sem nenhum valor agregado, não é país soberano, está fazendo papel de colônia a enriquecer as potencias imperialistas.

Continua após o banner

A responsabilidade do militar segundo a Constituição é a de garantir a soberania. Para isso tem que ter um Plano Nacional de Segurança e Defesa, ajustado à estratégia de desenvolvimento e seus planos setoriais. A engenharia militar e os soldados têm muito a contribuir na retomada do desenvolvimento industrial.

Plano de defesa requer a identificação de quem são os amigos com que se pode contar para o esforço de desenvolvimento; e quem são os inimigos a impedir o desenvolvimento, a violar a soberania e a independência. 

Lula, Biden e a reconstrução do diálogo altivo e ativo rumo a 200 de relações Brasil-EUA

Historicamente está claro que o grande obstáculo ao desenvolvimento e à estabilidade democrática é o imperialismo, notadamente dos Estados Unidos.  Daí a conclusão de que a luta de todos é pela libertação nacional, a ser conseguida por uma grande frente de salvação nacional.

Paulo Cannabrava Filho, jornalista editor da Diálogos do Sul e escritor.
É autor de uma vintena de livros em vários idiomas, destacamos as seguintes produções:
• A Nova Roma – Como os Estados Unidos se transformam numa Washington Imperial através da exploração da fé religiosa – Appris Editora
Resistência e Anistia – A História contada por seus protagonistas – Alameda Editorial
• Governabilidade Impossível – Reflexões sobre a partidocracia brasileira – Alameda Editora
No Olho do Furacão, América Latina nos anos 1960-70 – Cortez Editora


Assista na TV Diálogos do Sul

Uma pátria soberana e independente tem projeto nacional, tem estratégia de desenvolvimento com seus planos setoriais de curto, médio e longo prazo.

TT Catalão (in memorian)
Uma pátria soberana e independente tem projeto nacional, tem estratégia de desenvolvimento com seus planos setoriais


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Paulo Cannabrava Filho Iniciou a carreira como repórter no jornal O Tempo, em 1957. Quatro anos depois, integrou a primeira equipe de correspondentes da Agência Prensa Latina. Hoje dirige a revista eletrônica Diálogos do Sul, inspirada no projeto Cadernos do Terceiro Mundo.

LEIA tAMBÉM

2f4f210b-66df-46ed-9546-eb79d83b3dd2
Saiba como você pode contribuir com a Diálogos do Sul
bf0fb3eb-8672-4971-a5bf-bca23f7cd466
Agradecimento a apoiadores: graças a vocês, a Diálogos do Sul se mantém firme
e3ef48bc-5ae8-4014-808e-25ad7e29e2a2
Cannabrava | Centenário de Leonel Brizola, o grande estadista que o Brasil não teve
e2b2b464-83cd-48fa-855d-c91fecb3f949
Por não entender que regime militar está na gênese da República, esquerda brasileira está se suicidando