Pesquisar
Pesquisar

“Com que moral EUA podem falar de respeito à democracia?”, dispara Evo Morales

Ex-presidente da Bolívia fez questionamento depois que Casa Branca confirmou exclusão de Cuba, Venezuela e Nicarágua da Cúpula das Américas
Redação Prensa Latina
Prensa Latina
La Paz

Tradução:

As tentativas magnicidas dos Estados Unidos contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, os impedem de falar de democracia e excluir Caracas da Cúpula das Américas, assegurou hoje o ex-mandatário da Bolívia, Evo Morales.

“O ex-secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, admite em seu livro `Um juramento sagrado que propôs a Juan Guaidó assassinar o irmão Nicolas Maduro. Com que moral os EUA podem falar de respeito à democracia para excluir o povo da Venezuela da Cúpula das Américas?”, escreveu em um tuíte o líder do Movimento ao Socialismo.

Casa Branca confirma exclusão de Cuba, Venezuela e Nicarágua da Cúpula das Américas

Evo Morales reiterou em sua conta do Twitter sua admiração por Maduro por vencer essa tentativa de magnicídio e pelo “povo revolucionário da Venezuela por ter derrotado este plano de intervenção militar ianque. A Pátria Grande defende sua liberdade com unidade e dignidade”, disse.

O primeiro ex-presidente indígena da Bolívia referiu-se ao tema reiteradamente na rede social depois que o subsecretário de Estado norte-americano, Brian Nichols, confirmou que os Estados Unidos excluirão Cuba, Venezuela e Nicarágua da reunião continental.

Na véspera, lamentou esta decisão de Washington repetindo que “uma cúpula que exclui é uma ação política que destrói”. Insistiu Morales em que o pecado destas três nações foi libertar-se do intervencionismo do império norte-americano e defender sua soberania.

Também na semana passada advertiu que “a Cúpula das Américas está a ponto de fracassar, não pela falta de vontade de diálogo dos governos da América Latina e do Caribe, mas sim pela arrogância e o desprezo dos EUA por nossos povos”.

Ex-presidente da Bolívia fez questionamento depois que Casa Branca confirmou exclusão de Cuba, Venezuela e Nicarágua da Cúpula das Américas

Prensa Latina
O ex mandatário da Bolívia, Evo Morales

Luis Arce

O chefe de Estado da Bolívia, Luis Arce, anunciou igualmente que estará ausente da IX Cúpula das Américas por considerá-la um encontro exclusivo, não representativo dos valores da nação do altiplano e das necessidades da região.

Com o pretexto de que Havana, Caracas e Manágua violam os direitos democráticos, o país anfitrião decidiu excluir os três Estados que proclamam como divisa a justiça social e rejeitam o modelo neoliberal preconizado pela Casa Branca.

Presidente da Bolívia se une a Obrador e recusa Cúpula das Américas se países forem excluídos

A disposição gerou o repúdio de líderes e governos do continente e de organismos internacionais como a Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos e a Comunidade do Caribe.

O fórum hemisférico será realizado na cidade de Los Angeles de 6 a 10 de junho, com uma agenda que abordará assuntos relacionados a migração e saúde, pontos em que as nações excluídas têm muito a contribuir.

A advertência de Arce sobre sua possível ausência põe em questão a legitimidade da reunião, da qual também estarão ausentes, pelo mesmo motivo, o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, e vários governantes caribenhos.

Prensa Latina, especial para Diálogos do Sul — Direitos reservados.
Tradução de Ana Corbusier.


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Redação Prensa Latina

LEIA tAMBÉM

Cuba
EUA tiram Cuba de lista sobre terrorismo: decisão é positiva, mas não anula sanções
76a8901f-0233-449f-86af-70fbd36aa70f
Como tráfico de armas a partir dos EUA alimenta altas taxas de homicídio no Caribe
c600a324-a232-4428-a936-6c4b7a2fe9e8
Além de usurpar recursos, EUA aparelham Peru para minar relações com China e Rússia
bfc59549-46d5-45f8-84c7-b0d3e6d92ea3
Sanções, migração e petróleo: como relações com Venezuela impactam eleições nos EUA