Pesquisar
Pesquisar

Convocam para os Prêmios Pensar a Contracorrente e Uma Espécie em Perigo

Revista Diálogos do Sul

Tradução:

Com o propósito de reconhecer e difundir o pensamento crítico sobre os problemas e desafios mais prementes do mundo contemporâneo, desde perspectivas de amplo sentido anticolonial e anti imperialista  que contribua a articular uma teoria política, econômica e jurídica emancipadora, comprometido com os assuntos cruciais do meio ambiente e contra os efeitos devastadores do modelo capitalista hegemônico, na ordem material e espiritual; o Ministério da Cultura de Cuba, o Instituto Cubano do Livro, a Rede em Defesa da Humanidade e a Editora Novo Milênio, convocam para a XV edição do Prêmio Pensar a Contracorrente e à VI do Prêmio Especial Uma Espécie em Perigo.

pensar-contracorriente (1)Como alternativa ao silêncio e à marginalização que sofrem o pensamento emancipador nos grandes circuitos de reprodução hegemônica e dominação social e intelectual, e diante dos imensos desafios que a humanidade deve enfrentar pela erosão impiedosa de seu entorno, o Prêmio Pensar a Contracorrente e o Prêmio Especial Uma Espécie em Perigo aspiram contribuir para o desenvolvimento de ideias, análises e propostas ativas dentro do campo das Ciências Sociais, a Cultura e o universo técnico-científico. Nesse contexto, convoca à diversidade de enfoques e pontos de vista, bem como o confronto com as bases dos sistemas hegemônicos de pensamento dentro da nova geopolítica internacional.

Nessa ocasião, comemoramos o 90o aniversário do natalício de Ernesto Che Guevara, símbolo universal de luta contra a dominação imperial.

  1. Poderão participar autores de qualquer país com um ensaio inédito, em espanhol, português, inglês, francês (ou traduzido para alguma dessas línguas) que não deve estar comprometido para sua publicação nem obtido prêmios em outros concursos.
  2. O ensaio não deve ter menos de 20 laudas nem exceder de 40. Uma lauda pautada é composta por 1.800 caracteres (30 linhas de 60 caracteres cada) para um total admissível de 36.000 a 72.000 caracteres.
  3. A bibliografia e as notas devem aparecer com todos seus elementos rigorosamente ordenados.
  4. Não se aceitará mais de um trabalho por autor.
  5. O ensaio deverá ser enviado antes de 30 de dezembro de 2017 em arquivo anexado (preferentemente em .rtf mas também pode ser em .doc ou em arquivos de formatos abertos, como odt) com uma única cópia e uma única mensagem, devidamente identificado com o nome completo do autor, idade, documento de identidade ou cédula e endereço atual, país, e também com uma síntese de seu curriculum vitae, ao endereço eletrônico: contracorrente@cubarte.cult.cu O autor deve receber confirmação da recepção de seu trabalho por parte do coordenador do concurso, para dar como notificada a participação do texto no certame.
  6. Um prestigioso jurado internacional realizará a avaliação e premiação dos trabalhos desconhecendo nomes e nacionalidades dos participantes.
  7. O Prêmio consistirá num diploma e em E$ 1.000,00 (mil euros) para o primeiro lugar (se o premiado for de nacionalidade cubana se fará a conversão em CUC).
  8. Com similar reconhecimento e estimula material, o jurado outorgará, ademais, o Prêmio Especial Uma Espécie em Perigo, que chega a sua VI edição, ao ensaio que melhor aborde os perigos e consequências da crise ecológica gerada pelo modo capitalista de produção e ao texto que melhor contribua e análise propostas concretas de alternativas anticapitalistas de desenvolvimento em harmonia com a natureza.
  9. O jurado poderá conceder até dez menções entre ambos os prêmios, sem que isso implique em retribuição monetária.
  10. A Editora Nuevo Milenio, sob a rubrica de Ciências Sociais, publicará os trabalhos premiados e das menções em formato digital (ebook). O Instituto Cubano do Livro se reservo os direitos da primeira edição dos textos participantes, reserva válida durante um ano contado a partir da data do encerramento da convocação, sem que isso representa retribuição alguma por conceito de pagamento de direito autoral.
  11. A escolha do jurado será inapelável e se dará a conhecer em La Habana durante o mês de fevereiro de 2018, numa cerimônia especial que será organizada no contexto da 27a Feira Internacional do Livro de La Habana, Cuba, a celebrar-se entre os dias 1 e 10 de fevereiro de 2018
  12. A participação no Concurso implica na aceitação destas bases.

Escritório do Prêmio Pensar a Contracorrente

Editora Nuevo Milenio, La Habana, Cuba


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Revista Diálogos do Sul

LEIA tAMBÉM

Cuba
EUA tiram Cuba de lista sobre terrorismo: decisão é positiva, mas não anula sanções
19 pontos que comprovam os sucessos de Cuba em direitos humanos nos últimos 5 anos
O que querem Almagro e a OEA em Cuba às vésperas das eleições?
Centenário de Pérez Prado: “!Que rico suena el mambo!”