“População brasileira está empobrecendo cada vez mais, o que é assustador”

Em sua coluna semanal na TV Diálogos do Sul, o professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Cláudio di Mauro critica situação econômica do país

Mariane Barbosa

Diálogos do Sul Diálogos do Sul

São Paulo (SP) (Brasil)

Em sua última visita à capital paulista, o professor de geografia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Cláudio di Mauro levou para casa uma reflexão sobre a quantidade imensa de desabrigados no centro de São Paulo.

Em vídeo para a TV Diálogos do Sul, o professor avaliou a situação desesperadora em que vivem hoje mulheres, homens e crianças: “a população brasileira está empobrecendo cada vez mais, isso é assustador. E o pior é que não se percebe através dos governantes que, ainda que tenhamos uma visão capitalista, dividida em classes, precisamos ser uma sociedade civil-organizada e capaz de lutar”.

Reprodução
"Ainda que não se mude o sistema, que tenhamos condições de permitir que o sofrimento humano seja menor.”

Di Mauro explica que é através da sociedade civil que temos a garantia de direitos sociais fundamentais. “Quando não temos uma sociedade civil organizada e lutando, as desigualdades sociais, que embora sejam inerentes ao sistema capitalista, ficam impossíveis de serem enfrentadas.”

“É indispensável que a sociedade brasileira se organize, participe dos movimentos sociais ativamente para não permitir que as perdas dos direitos tragam consequências tão desastrosas”, diz o professor. “Que nós possamos integrar cada vez mais as forças democráticas do nosso país. Ainda que não se mude o sistema, que tenhamos condições de permitir que o sofrimento humano seja menor.”

Confira o vídeo completo em nosso canal do YouTube:


Comentários