Pesquisar
Pesquisar

Menos de 1 dia após vitória de Lula, relações diplomáticas do Brasil já iniciam restauração

Argentina, Canadá, França, Espanha e EUA não tardaram em parabenizar Lula e demonstrar interesse em reiniciar cooperações
Redação Rede Brasil Atual
Rede Brasil Atual
São Paulo (SP)

Tradução:

Luiz Inácio da Silva foi eleito presidente do Brasil pela terceira vez, e a comunidade internacional assistiu atentamente a disputa. Chefes de Estado já manifestaram apoio a Lula, entre eles os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, da Espanha, Pedro Sanchez, e da Argentina, Alberto Fernández.

O primeiro a se manifestar foi o presidente da França, Emmanuel Macron, liberal de centro-direita. “Minhas felicitações a Lula pela eleição. Que abra uma nova página na história do Brasil. Juntos, vamos ter forças para lidar com adversários em comum e renovar os laços de amizade entre nossos países”, disse.

Biden, por sua vez, enviou um comunicado oficial ao Brasil. “Envio meus parabéns a Luiz Inácio Lula da Silva pela vitória em uma eleição livre, justa e digna de confiança. Espero que possamos trabalhar juntos e manter a cooperação entre nossos países nos próximos meses e nos anos que virão”, afirmou, em documento divulgado pela Casa Branca.

O presidente do Canadá, Justin Troudeau, também manifestou felicidade pela eleição de Lula. “O povo brasileiro manifestou sua vontade. Aguardo ansioso por trabalhar com Lula para reforçar nossas parcerias e entregarmos resultados por prioridades de canadenses e brasileiros, como a defesa do meio-ambiente. Parabéns, Lula!”.

Argentina, Canadá, França, Espanha e EUA não tardaram em parabenizar Lula e demonstrar interesse em reiniciar cooperações

Foto: Ricardo Stuckert – Twitter
Alberto Fernández: "Aqui você tem um companheiro para trabalhar e sonhar sobre o bem-estar de nossos povos”




América Latina

Poucos minutos após a eleição de Lula, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, divulgou comunicado. “Aqui você tem um companheiro para trabalhar e sonhar sobre o bem-estar de nossos povos”, disse o latino-americano.

Josep Borrell, representante da União Europeia para a diplomacia, reconheceu a eleição de Lula. “Estamos comprometidos em aprofundar e ampliar nosso relacionamento com o Brasil em todas as áreas de interesse mútuo, inclusive no comércio, meio ambiente, mudanças climáticas e na agenda digital, em benefício de nossos cidadãos (…) A UE e o Brasil têm uma parceria estratégica de longa data, baseada em valores compartilhados e no respeito à Democracia, aos Direitos Humanos e ao Estado de Direito”, disse.

O presidente da Espanha, Pedro Sánchez, afirmou que a eleição de Lula veio “em boa hora”. “Felicito Lula por sua vitória nessas eleições em que o Brasil escolheu pelo progresso e pela esperança. Trabalharemos juntos pela justiça social, igualdade e contra as mudanças climáticas. Sua vitória é a vitória do povo brasileiro”, disse.





Redação | Rede Brasil Atual


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.

Redação Rede Brasil Atual

LEIA tAMBÉM

1fe87bc8-369d-4b78-beb4-3c0e60d7b520
Qual o preço da aprovação do furo do teto dos gastos? Saiu barato para o centrão!
60c4bd06-ab9f-4bd3-8926-d6d97b0e6289
Por mentir descaradamente durante eleições, Jovem Pan perde monetização no YouTube
a1478090-ccd2-4be6-a65e-9208a13c3341
Com derrota à crueldade fascista, RS dá fôlego à esquerda e retoma diálogo democrático
d3908a35-5d39-49e0-8e1b-a5eb2078d981
Fascistas nas ruas, serviço público precário e prefeito negligente: Porto Alegre volta a 1964