Pesquisar
Pesquisar

O futuro pertence ao socialismo: Fidel Castro na Cadernos do Terceiro Mundo

Para comemorar os 94 anos do nascimento do líder cubano, vamos relembrar uma entrevista que ele concedeu a jornalista Beatriz Bissio
Gabriel Farias
Diálogos do Sul Global
Rio de Janeiro (RJ)

Tradução:

Neste difícil ano de 2020, em meio a tantas notícias trágicas, alguns fios de esperança apareceram por meio do exemplo dado pelos médicos cubanos da Brigada Médica Henry Reeve. 

Atuando em mais de 20 países para combater a pandemia do Covid-19, esses médicos mostraram ao mundo o verdadeiro espírito de solidariedade e amizade entre os povos. 

Em reconhecimento ao trabalho desses milhares de médicos cubanos, teve início um movimento pela indicação da Brigada Médica ao prêmio Nobel da Paz em 2021. 

Para comemorar os 94 anos do nascimento do líder cubano, vamos relembrar uma entrevista que ele concedeu a jornalista Beatriz Bissio

Reprodução: Twitter
Fidel Alejandro Castro Ruz foi governou a República de Cuba como primeiro-ministro de 1959 a 1976

Por isso, no dia de hoje, em que se comemora os 94 anos do nascimento de Fidel Castro, decidimos relembrar uma entrevista que o líder máximo da Revolução Cubana concedeu à jornalista Beatriz Bissio para a revista Cadernos do Terceiro Mundo

Datada de 1990, Fidel fala sobre os desafios e os dilemas do desenvolvimento do socialismo cubano em meios às mudanças ocorridas no cenário internacional.

”O futuro pertence ao socialismo” – Entrevista com Fidel Castro, por Beatriz Bissio.

Memória

A Diálogos do Sul é a continuidade digital da revista fundada em setembro de 1974 por Beatriz Bissio, Neiva Moreira e Pablo Piacentini em Buenos Aires:

A recuperação e tratamento do acervo da Cadernos do Terceiro Mundo foi realizada pelo Centro de Documentação e Imagem do Instituto Multidisciplinar da UFRRJ, fruto de uma parceria entre o LPPE-IFCH/UERJ (Laboratório de Pesquisa de Práticas de Ensino em História do IFCH), o NIEAAS/UFRJ (Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre África, Ásia e as Relações Sul-Sul) e o NEHPAL/UFRRJ (Núcleo de Estudos da História Política da América Latina), com financiamento do Governo do Estado do Maranhão.

Texto publicado originalmente na página Revista Cadernos do Terceiro Mundo – Acervo Digitalizado.  

Confira a edição completa da revista nº 131:

________________________

As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Veja também:


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Gabriel Farias

LEIA tAMBÉM

92bb2160-78df-483d-8bd7-bde5ad561c38
Cannabrava | Independência de que?
2f4f210b-66df-46ed-9546-eb79d83b3dd2
Saiba como você pode contribuir com a Diálogos do Sul
bf0fb3eb-8672-4971-a5bf-bca23f7cd466
Agradecimento a apoiadores: graças a vocês, a Diálogos do Sul se mantém firme
e3ef48bc-5ae8-4014-808e-25ad7e29e2a2
Cannabrava | Centenário de Leonel Brizola, o grande estadista que o Brasil não teve