Pesquisar
Pesquisar

Qual é o legado dos quatro anos de governo Donald Trump? Te contamos em 1 minuto

Seu grande trunfo era a questão econômica, com pleno emprego. Porém, com a pandemia, o desemprego é o maior desde a grande depressão
Vanessa Martina-Silva
Diálogos do Sul Global
Jundiaí

Tradução:

Presidente desde 2016, Donald Trump é uma das figuras mais polêmicas do século 21. 

Apesar de sua campanha publicitária de construção de um muro separando os EUA do México, o mandatário não avançou no tema. 

Por outro lado, endureceu a política imigratória e aumentou, em 150% a prisão de imigrantes sem documentos e que não cometeram crimes. 

Te explicamos, em um minuto:

Seu grande trunfo era a questão econômica, com um crescimento —artificial — e uma situação de pleno emprego. Porém, com a pandemia, o desemprego chegou a 14,7%, o maior desde a grande depressão.

O recrudescimento da violência contra jovens negros gerou as maiores ondas de protestos antirracistas desde o assassinato de Luther King, em 1968. O tema sacudiu todo o mundo.

Mas seu legado mais destacado foi a eleição de outros líderes de extrema-direita pelo mundo, que agridem minorias sociais e governam via Twitter sem respeitar o sistema político ou a Justiça


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Vanessa Martina-Silva Trabalha há mais de dez anos com produção diária de conteúdo, sendo sete para portais na internet e um em comunicação corporativa, além de frilas para revistas. Vem construindo carreira em veículos independentes, por acreditar na função social do jornalismo e no seu papel transformador, em contraposição à notícia-mercadoria. Fez coberturas internacionais, incluindo: Primárias na Argentina (2011), pós-golpe no Paraguai (2012), Eleições na Venezuela (com Hugo Chávez (2012) e Nicolás Maduro (2013)); implementação da Lei de Meios na Argentina (2012); eleições argentinas no primeiro e segundo turnos (2015).

LEIA tAMBÉM

Cuba
EUA tiram Cuba de lista sobre terrorismo: decisão é positiva, mas não anula sanções
EUA-democracia
Eleições nos EUA: uma democracia que não permite oposição
DC_Capitol_Storming_EUA_Trump
Eclipse democrático nos EUA: logo será tarde para deter o fascismo
Biden_Trump
EUA: mais de 60% desaprovam Biden e Trump; só 16% confiam no governo