Pesquisar
Pesquisar

Silvio Tendler: Ida da ComunicaSul à Colômbia é para saber a verdade sem filtros

O cineasta e historiador lembra que “existe um candidato progressista, que enfrenta as oligarquias locais" e que a ComunicaSul vai para documentar isso
Leonardo Wexell Severo
ComunicaSul
São Paulo (SP)

Tradução:

“É preciso apoiar este bravo grupo de jornalistas, talentosos, guerreiros, corajosos e bem-informados”, defendeu o renomado cineasta e documentarista

Produtor e diretor de mais de 70 filmes, sendo autor de premiadíssimos longas-metragens como Jango e Os Anos JK – Uma Trajetória Política, o cineasta e documentarista Silvio Tendler se somou nesta semana à campanha de arrecadação de recursos para a agência ComunicaSul cobrir as eleições presidenciais da Colômbia em maio.

Ator Luiz Carlos Bahia pede apoio à cobertura jornalística do ComunicaSul na Colômbia

Vencedor recentemente do 38º Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo com o documentário “A Bolsa ou a vida”, o cineasta e historiador afirma que faz a convocação “para fazer com que a comunicação nos chegue sem filtro e sem pasteurização”. “Queremos saber a verdade”, enfatizou.

Em conclamação divulgada à sociedade brasileira, Silvio Tendler ressaltou que “é preciso apoiar este bravo grupo de jornalistas, talentosos, guerreiros, corajosos e bem-informados do ComunicaSul nesta viagem que eles têm que fazer à Colômbia para revelar a verdade sobre as eleições que podem ajudar os novos rumos da América Latina”.

O cineasta e historiador lembra que “existe um candidato progressista, que enfrenta as oligarquias locais" e que a ComunicaSul vai para documentar isso

Reprodução Facebook
Silvio Tendler foi recentemente vencedor do 38º Prêmio de Direitos Humanos de Jornalismo com o documentário “A Bolsa ou a vida”

“Existe um candidato progressista, que enfrenta as oligarquias locais e eles vão lá para documentar isso”, acrescentou.

O cineasta, autor de seriados como Os Anos Rebeldes, apontou que “comunicar é uma arte e que a primeira coisa que a gente tem que aprender é não errar o nome daquilo que a gente tá falando: ComunicaSul”. “Apoiemos o ComunicaSul!”, defendeu.

CONTRIBUA

PIX 10.511.324/0001-48 CNPJ da Papiro Produções

Leonardo Wexell Severo, colaborador da Diálogos do Sul


As opiniões expressas nesse artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul

Assista na TV Diálogos do Sul


Se você chegou até aqui é porque valoriza o conteúdo jornalístico e de qualidade.

A Diálogos do Sul é herdeira virtual da Revista Cadernos do Terceiro Mundo. Como defensores deste legado, todos os nossos conteúdos se pautam pela mesma ética e qualidade de produção jornalística.

Você pode apoiar a revista Diálogos do Sul de diversas formas. Veja como:

  • PIX CNPJ: 58.726.829/0001-56 

  • Cartão de crédito no Catarse: acesse aqui
  • Boletoacesse aqui
  • Assinatura pelo Paypalacesse aqui
  • Transferência bancária
    Nova Sociedade
    Banco Itaú
    Agência – 0713
    Conta Corrente – 24192-5
    CNPJ: 58726829/0001-56

       Por favor, enviar o comprovante para o e-mail: assinaturas@websul.org.br 


As opiniões expressas neste artigo não refletem, necessariamente, a opinião da Diálogos do Sul do Global.
Leonardo Wexell Severo

LEIA tAMBÉM

70ea9f4a-c113-4afe-91a7-4c2e6e7b2478
Simón Bolívar, união latino-americana e socialismo: a nova Colômbia de Gustavo Petro
102a5321-979f-4959-9f15-a2eef97da264
"Acordo nacional por uma Colômbia forte e justa”, defende Petro em discurso de posse
72e9fe96-35c2-4795-b0cf-60901950b42b
Maioria parlamentar garante a Petro aplicar mudanças que Colômbia precisa, diz professor
0669020e-fc95-479f-a60c-52494d87040d
Colômbia: Após breve trégua, violência contra esquerda escala às vésperas da posse de Petro